Sob o meu ponto de vista...


É complicado falar como me sinto perante as coisas, pois sempre acreditei que as palavras sempre foram vagas demais para conseguir expressar o que sinto... Mas é através delas que geralmente consigo interagir com tudo que me cerca.
Sei que muitos não acreditam no poder que há em suas mentes e acabam vivendo vagamente uma vida de “pé no chão”, sem sonhos, sem idealizações. Porém não foi essa escolha que fiz pra mim.
Não tenho medo do que o tempo reserva pra mim, não tenho medo do desconhecido, não tenho medo do que os outros vão pensar das coisas que escrevo e falo. Aprendi que sou o que sou. A minha vida depende de mim, das minhas atitudes, das minhas crenças, depende do que eu almejo pra minha vida.
Sou capaz de errar muitas vezes, sou capaz de cometer injustiças, sou capaz de sentir frio, medo, sou capaz até de chorar por motivos bobos. Porém, sou incapaz de negar as minhas fraquezas, sou incapaz de fazer algo que vá contra os meus preceitos, sou incapaz de deixar meu orgulho ser maior que meu senso de justiça.
Quero assim como todos ser feliz, por isso, deixo toda a obscuridade da vida de lado, e vejo em cada tempestade um feixe de luz. Vejo positivamente o que para muitos já é o fim dos tempos... Pois é... Não consigo acreditar num “fim” para as coisas. A vida é muito mais do que somos capazes de imaginar. Somos muito mais do que pensamos. Temos uma força tão grande, tão poderosa, que podemos nos autodestruir... Seres tão inteligentes que se julgam tão superiores, na verdade não são nada perto das leis de Deus. Somos apenas um elemento que compõem um ciclo perfeito da evolução universal, somos o que fazemos, somos as nossas escolhas, somos o caos em meio às diversas possibilidades da vida.
Essa é a minha vida, esses são os meus passos e os meus objetivos serão alcançados de acordo com a intensidade dos meus esforços e da minha fé. Arrisco-me para conseguir o que quero e não tenho medo dos “nãos” da minha vida, pois sei o tamanho de minha força e tenho coragem suficiente para percorrer o universo atrás do que é meu.

- Leny Mara da Silva Antunes -


Postagens mais visitadas deste blog

Pedras Preciosas 5#

Pedras Preciosas 4#