FÓRMULA IDEAL

Se sentes qualquer dificuldade no relacionamento com os outros é provável que o empecilho maior esteja em ti mesmo.
O que classificamos por indiferença alheia, talvez seja simplesmente falta de habilidade da nossa parte.
O que fazes para te aproximares das pessoas?
Esforça-te para conquistar a confiança dos que vivem à tua volta?
Se esperas algum apoio de alguém é natural que esse mesmo alguém espere algo de ti.
Aquele que toma a iniciativa de caminhar, chega sempre no objetivo.
Sem sementeira, não haverá colheita.
Para que o plantio seja certo é importante o preparo do solo.
Quem deseja compreensão precisa compreender.
Simpatia e amizade são bênçãos cultiváveis.
Experimenta ser mais afável, mais solidário, mais atencioso e mais alegre com os outros para ver o que te acontece. . .
Até as plantas sabem agradecer o carinho que recebem na irrigação ou no adubo.
Exigir menos dos outros e mais de ti - eis a fórmula ideal para que saibas viver e conviver, proveitosamente, com todos, em qualquer parte do mundo.


IRMÃO JOSÉ
Psicografia: CARLOS A. BACCELLI
Texto do Livro Crer e Agir



Postagens mais visitadas deste blog

Pedras Preciosas 5#

Pedras Preciosas 4#