Elos

Chegará um dia em que não haverá mais o medo,
O medo de estarmos em todos os lugares,
O medo de lutarmos pelas coisas,               
De enxergar elas.
O medo de cair e levantar novamente,
O medo que tanto nos impede,
Que tanto nos afasta de nós mesmos,
Que tanto nos assusta,
Que nos bloqueia a novas descobertas,
A algo novo,
A algo que talvez fosse realmente o nosso caminho.

Chegará um dia em que as trevas serão extintas,
E a luz abrirá nossos olhos para tudo o que é mais simples,
Mais significativo.
Seremos mais iguais.
Seremos a esperança.
Seremos o amor.
Seremos um universo com possibilidades infinitas,
Seremos a escolha do novo,
Seremos nossa força restaurada de um passado repleto de negações.

Para que tu sonhas?
Sonhas, para que um dia caminhe pelo mar de estrelas.
Sonhas, para que um dia acorde e veja que tudo não passou de um curto espaço de tempo que durou a eternidade para ser alcançada.

Não existe um “talvez”.
Somos todos, uma composição cósmica de uma lei perfeita de sabedoria, que ainda estamos longe de compreender.
A melodia do tempo, da evolução, pode aos poucos tocar as notas de uma sinfonia codificada e distribuída no dia a dia de cada ser, de cada novo amanhecer.

Sorria, tudo depende apenas de você.
Depende de uma única mudança no que você vê e faz.
Depende de um sim e um não.
Depende de que abras o seu coração para o infinito.

Sorria, a vida está em suas mãos.
Sorria para tudo o que for desconhecido.
Sorria para tudo o for destrutivo.
Sorria para quem está dentro de você.
Devemos descobrir o que está dentro de nós para podermos compreender o que nos cerca.
Somos o mistério, a sabedoria, somos o inalcançável e o possível de um destino que está a um passo de ser conhecido.

- Leny Mara da Silva Antunes -


Postagens mais visitadas deste blog

Pedras Preciosas 5#

Pedras Preciosas 4#